Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O castelo do Camelo.

O castelo do Camelo.

Sistema Eleitoral

Segundo uma sondagem referida hoje em alguns canais de televisão, a maior parte dos portugueses gosta que hajam mais partidos políticos. Segundo a mesma sondagem, a maioria dos portugueses, não pretende votar nesses partidos.

Há várias razões para que os portugueses não queiram votar nos novos partidos, é pouco claro o detalhe da sua matriz ideológica, não são conhecidos os seus programas eleitorais e não se conhecem os possíveis candidatos da maior parte dos novos partidos (com a excepção dos que resultam dos abandonos de pessoas de outros partidos). Mas há uma outra razão para que os portugueses não pretendam votar nos novos partidos: o sistema eleitoral faz com que o voto não conte para nada.


A verdade é que o nosso sistema eleitoral não permite que os votos à esquerda o PS contém para alguma coisa a não ser para um enfraquecer de uma vitória da esquerda, ou até mesmo a sua derrota.

À direita este problema não existe, apenas porque não há uma diversidade política tão grande.



Até que ponto o sistema eleitoral, não impede os cidadãos de fazerem as escolhas que preferem, em detrimento de um voto útil para tentar impedir a vitória daqueles que os cidadãos não querem mesmo ver chegar ao poder?
Será que isso é verdadeira democracia?

Será que a tão apregoada cultura do compromisso alguma vez vai existir se os partidos não estiverem de facto obrigados a fazer compromissos para poderem governar e legislar?

Será que há verdadeira responsabilização política quando os candidatos das várias listas não podem ser ordenados por ordem de preferência dos eleitores?

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D